Prefeitura realiza ação preventiva contra a violência à mulher

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, através do AdoleSer, realizou na manhã de hoje o VIII Seminário AdoleSer Cataguases. O evento foi aberto com um café da manhã oferecido pela Associação das Mulheres Rurais e apresentação artística feita pelo Proler Cataguases. Em seguida, houve um emocionante depoimento da presidente das Mulheres Unidas Contra a Violência (MUV), Angelina Pinheiro, voltado para a Não Violência Contra Mulher, cujo dia internacional foi no último 25. Após a fala, a secretária de Desenvolvimento Social, Carol Damasceno fez uma palestra sobre o assunto, que passa também pelo empoderamento feminino.

Alunos de quatro escolas municipais participaram do evento, Carmelita Guimarães, da Vila Reis, Lysis Brandão da Rocha, do Santa Clara, Prefeito José Esteves, Leonardo, e Astolpho Rezende, do distrito de Sereno. Ao todo, 100 estudantes participaram da atividade, que tem o propósito de prevenir os vários tipos de violência com a mulher, que inclui a física, psicológica, moral, patrimonial e sexual. No fim da atividade, foi realizado um sorteio de brindes destinados pelo comércio local que apoiou a iniciativa. Por conta do limite de capacidade do local, o número de espectadores foi limitado.

A coordenadora do AdoleSer, Ana Maria Diniz, fez um balanço da iniciativa. “A atividade foi um sucesso. Conseguimos envolver os alunos nas atividades e eu espero que essa ação possa contribuir para que na próxima geração eliminemos ou pelo menos tenhamos menos casos de violência contra a mulher. Felizmente as pessoas do sexo feminno hoje em dia têm mais espaço, vez e voz, mas a luta é diária e contínua. Agradeço ao comércio da cidade que apoiou o seminário, às palestrantes, aos diretores, pais e alunos envolvidos”, avaliou.

Em Cataguases, a Casa de Maria presta atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica e oferece todo o suporte em relação às assistências social e psicológica. A equipe técnica está disponível para oferecer orientações ao público e também o primeiro atendimento, quando necessário. O espaço funciona de segunda à sexta-feira, entre 8h e 17h, na rua Wanda da Silva Andrade, 151 – bairro Bela Vista. O telefone de contato é (32)3421-5657. Além do atendimento oferecido pela Prefeitura, por meio da Casa de Maria, as mulheres vítimas de violência doméstica ou aqueles que queiram denunciar podem fazer o contato pelos telefones 190, da Polícia Militar; 180, canal nacional para denunciar caos de violência contra a mulher; e o 100, canal nacional para denúncias de violação aos Direitos Humanos.

Fonte:  PMC

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *