Seminário de turismo rural mostra oportunidades de negócios para produtores

Evento apresenta cases de sucesso no turismo rural na região do Vale do Rio Doce

BELO HORIZONTE (14/06/23) – O turismo rural vem crescendo no país e se mostrando com boa perspectiva para geração de renda no campo. Dentro dessa proposta, será realizado na quinta-feira (dia 15), em Caratinga, no Vale do Rio Doce, o seminário “Turismo Rural: Oportunidade de Negócio”. workshop, promovido com Unidade Regional da Emater-MG, é destinado a produtores rurais, gestores municipais e profissionais do turismo e vai ocorrerna propriedade Villa Mariana, no Distrito de Dom Modesto.

As atividades começam às 13 horas e incluem palestras técnicas e apresentação de cases de sucesso. “A Unidade Regional da Emater-MG de Ipatinga vem desenvolvendo um trabalho de turismo rural e iniciou, no ano passado, o levantamento de dados dos produtores de cafés especiais da região. Fizemos capacitações com os agricultores, tanto a equipe da Emater como parceiros, e foi acertado a realização deste seminário para ampliar o conhecimento dos produtores sobre o tema”, conta a coordenadora técnica estadual de Turismo Rural e Artesanato da Emater-MG, Thatiana Garcia.

Turistas nos cafezais

A primeira apresentação do seminário será sobre a “Rota dos Cafés Especiais: Terras Altas do Caratinga”. “Trata-se de uma nova rota turística, que está sendo consolidada na região. O foco é as propriedades de cafés especiais da região (Matas de Minas). Atualmente, já há quatro fazendas recebendo turistas para conhecer as lavouras e o processo de produção do café e mais duas em processo de organização para atender os visitantes”, conta Thatiana.

A coordenadora comenta que o turismo rural começou na região, por causa dos ciclistas que percorriam o local de bicicleta. “Eles paravam nas fazendas, pediam água para os produtores e queriam conhecer os cafezais. Então foi uma demanda que surgiu naturalmente”, explica.

A programação do seminário continua com a palestra “Políticas Públicas para o Turismo em Minas Gerais”, da Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais, às 14h20. Seguida das apresentações dos cases de sucesso “Ipatinga Rural Roteiro Turístico” e “Queijo Matuto”. “O queijo Matuto faz parte da Rota Terroir Vertentes, que foi premiada pelo Ministério do Turismo. É um pequeno produtor de queijo Minas Artesanal, cujo foco principal atualmente é receber turistas na sua propriedade e montou duas experiências turísticas (pacotes) diferenciadas para os visitantes”, diz Thatiana.

A última palestra do dia será sobre o trabalho de assistência técnica e extensão rural no Turismo Rural, com os profissionais da Emater-MG. A coordenadora técnica comenta que, em muitos locais, o turismo rural surge já como uma necessidade do produtor. “O turista está batendo na porta dele e o agricultor, muitas vezes, não tem um produto adequado ou não sabe receber e precificar o serviço prestado. No entanto, o produtor está disponibilizando o tempo dele, além de ter os custos da parte da gastronomia que ele oferece e isso tudo tem um valor. O trabalho da Emater-MG busca apoiar e incentivar os produtores no turismo rural, de forma que eles tenham renda”, argumenta Thatiana.

As inscrições do seminário “Turismo Rural: Oportunidade de Negócio”são gratuitas e podem ser feitas pelo telefone (31) 3821-6882 ou no endereço eletrônico https://forms.gle/LQ6QVbGvBZPnoq7Q7. As vagas são limitadas.

Fonte: Assessoria de Comunicação – Emater-MG

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *