Minas abriu mais de 35 mil novas empresas em 2023

Número de novos empreendimentos no ano é 10,6% superior ao registrado no mesmo período de 2022, revela balanço da Junta Comercial de Minas

Minas Gerais fechou o mês de maio com 7.161 novas empresas abertas em todo o estado, o que representa avanço de 1,83% em relação ao mesmo mês de 2022, quando foram abertas 7.032 novas empresas. No acumulado do ano, já são 35.553 novos empreendimentos abertos em Minas, um salto de 10,6% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados 32.138 novos negócios abertos.

. “São números positivos, com a taxa de abertura de empresas bem acima da taxa de encerramentos. Minas Gerais permanece um estado favorável para o ambiente de negócios, fruto da visão do atual governo de facilitar a vida de quem quer empreender e gerar emprego e renda”, comenta Bruno Falci, presidente da Junta Comercial de Minas Gerais (Jucemg), autarquia responsável pelos registros mercantis como abertura, alterações e encerramentos empresariais.

Os dados da Jucemg mostram também que Belo Horizonte segue como o município onde mais empresas são abertas em Minas. No total de novos negócios inscritos em maio, 1.841 foram instalados na capital. Na sequência, aparecem, pela ordem, Uberlândia (472), Contagem (268), Juiz de Fora (177), Montes Claros (167), Uberaba (128), Betim (126), Patos de Minas (95), Divinópolis (90) e Governador Valadares (89).

Os números consideram empresas de qualquer porte, com exceção dos MEIs (microempreendedores individuais), cujas inscrições são realizadas diretamente no Portal do Empreendedor do governo federal, sem passar pelas juntas comerciais estaduais.

Encerramentos

Em relação às empresas baixadas, maio apresentou um total de 4.054 registros em Minas, contra um total de 3.781 no mesmo mês de 2022.

Fonte: Agência Minas

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *