Energisa reforça cuidados com energia elétrica durante festejos juninos

Junho é o mês das tradicionais festas juninas por todo o país. Mas para poder comemorar o São João ‘como manda o figurino’ e aproveitar o ‘arraiá’ com toda e pompa e circunstância que a data pede, é importante manter atenção redobrada à segurança com a rede elétrica.

Para tornar os festejos juninos mais seguros, Victor Rispoli, gerente de Operações da Energisa, reforça que é preciso se atentar às instalações elétricas e evitar o uso de extensões e benjamins de forma permanente, caso a comemoração seja realizada em casa. “Ao escolher os locais que ganharão a decoração temática é necessário respeitar os pontos de energia. Os bocais de lâmpadas jamais devem ser utilizados como suporte para pendurar enfeites como balões e bandeiras. Além de choques elétricos, essa prática pode provocar incêndios”, alerta Rispoli.

E mais: nunca se deve manusear equipamentos eletroeletrônicos como aparelhos de som, freezers ou geladeiras com o corpo molhado e sem usar calçados. E se for decorar a frente da casa com bandeirinhas, a recomendação é colocar longe dos postes e dos cabos de energia. “Não amarre fios, cabos ou enfeites em postes ou fiações elétricas e substitua os enfeites de metais por adereços de materiais isolantes, como borracha e silicone, por exemplo, para evitar que conduzam energia, em eventual contato com a rede”, explica o gerente.

Para quem gosta de soltar fogos de artifício, a recomendação é evitá-los. Para muitos pode ser sinônimo de festa e alegria, porém, para animais de estimação, pessoas enfermas, crianças, idosos e autistas, pode causar desconforto. E se atingir a rede elétrica pode causar curtos-circuitos e faltas de energia na localidade. Vale ressaltar ainda que em algumas cidades, soltar fogos de artifício é proibido por lei. 

No caso da fogueira, os clientes também devem observar a distância da rede elétrica, uma vez que o fogo ou o calor em excesso podem danificar cabos e estruturas, causando curtos-circuitos e interrupção de energia. Quanto aos balões, a recomendação da Energisa é que sejam evitados, afinal, além de crime, o seu uso pode causar grandes acidentes, principalmente se caírem dentro de subestações ou sobre redes elétricas.

Ligações provisórias
Além dos cuidados para quem vai aproveitar os festejos juninos, Victor Rispoli faz um alerta importante para aqueles que irão trabalhar durante os dias de festa. A primeira recomendação é não fazer ligações clandestinas junto à rede elétrica externa, caso queira iluminar uma área temporariamente para o arraial. Além de crime, oferece alto risco de acidente e pode ser fatal. Somente a Energisa pode executar ligação provisória de energia.

Se precisar fazer qualquer tipo de instalação elétrica na parte interna, a orientação é procurar um profissional qualificado para realizar o serviço. Para os clientes que desejam o serviço que envolvam a rede de distribuição da Energisa, a solicitação deve ser feita junto à concessionária com, no mínimo, 48h de antecedência. O mesmo vale para outros eventos públicos como exposições, shows.

Choques elétricos 

A Energisa também orienta que se alguém for vítima de choque elétrico dentro da unidade consumidora, não se deve tentar tocar na pessoa que está recebendo a descarga. A melhor forma de ajudar é desligar o disjuntor ou a chave geral e ligar para emergência no 193 ou 192. Se o acidente for em via pública, além das orientações já mencionadas, é preciso acionar a concessionária pelo telefone 0800 032 0196 para que seja feito o desligamento da energia.

Curta seu ‘arraiá’ com segurança: 

  • Não solte fogos ou acenda fogueiras próximo à rede elétrica;
  • Cuidado ao pendurar as bandeirinhas na rua. Elas devem ficar distantes da fiação;
  • Ligação clandestina é crime e coloca a vida de pessoas em perigo;
  • Não monte arraiais próximo à rede de energia;
  • Ligações provisórias para o São João devem ser solicitadas à Energisa;
  • Não solte balões. Eles podem causar graves acidentes se atingirem a rede elétrica ou subestações;
  • Estruturas metálicas devem estar devidamente aterradas;
  • Nunca manuseie equipamentos eletroeletrônicos com o corpo molhado.

Fonte: Assessoria de Comunicação Energisa

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *