Suburbano 2023 Já Tem Data De Início

Prepare o coração! A contagem regressiva para as fortes emoções do Suburbno 2023 começou. A competição que acelera os batimentos dos apaixonados pelo futebol cataguasense inicia no dia 17 de junho. A decisão foi confirmada ontem, dia 13, com a presença dos dirigentes dos clubes interessados em participar da competição, que já estavam sendo sondados pelo secretário de Esportes Daniel Café. Inicialmente, a prioridade de inscrição era dos clubes participantes na última edição, que confirmaram suas presenças no torneio deste ano. Uma das novidades para a disputa de 2023 é que o prefeito José Henriques, junto com Daniel Café, interviram na competição, ampliaram o orçamento do torneio e colocaram a Prefeitura como organizadora do torneio. A outra, é que para este ano o Suburbano conta com dois participantes a mais: Olaria e Santa Clara voltam a disputar a competição.

“A Prefeitura apoiou a última edição do Suburbano financeiramente, como sempre fez. Buscou elevar o evento de outras formas também, como, por exemplo, pela primeira vez levou a finalíssima do torneio para o mundo todo, por meio da internet, com programa de pós-jogo de qualidade, e chegou até a intervir com sua credibilidade junto à Polícia Militar para que o torneio não fosse interrompido por conta da falhas na organização. Entretanto, nós, gestores públicos, apaixonados pelo esporte local, que acompanhamos também nas arquibancadas, muitas vezes com as nossas famílias, ficamos insatisfeitos com algumas coisas que vimos na competição, como cenas de violência nas arquibancadas, sob as quais a Prefeitura não tinha nenhuma responsabilidade direta por não ser organizadora. Então, com o objetivo de aumentar a segurança dos espectadores, atletas e árbitros, além de elevar o nível do futebol da nossa cidade, decidimos ass

umir a organização do torneio, inclusive com o aumento do orçamento do torneio, incentivado e assinado pelo prefeito José Henriques, para que a competição tivesse maior envolvimento da cidade”, afirmou Daniel Café.

O Suburbano 2023 já conta, inclusive com formato definido. Ele é dividido em dois grupos, cada um com cinco equipes e estão definidos. O grupo A conta com São José, Santa Clara, São Vicente, Ajax e Manga Rosa. O grupo B tem Zona L, Olaria, Boca Jr, Taquara Preta e Desportivo. Na primeira fase as equipes do grupo A efrentam os times do B em turno único, o que totaliza cinco jogos, dois a mais que no ano anterior. O pior classificado de cada chave é eliminado e os dois melhores classificados de um grupo enfrentam o terceiro e o quarto lugar do outro. Nas quartas, semis e final, os vencedores serão definidos em dois confrontos com melhor de 6 pontos. Ou seja, a diferença de gols não é levada em consideração para decisão do vencedor. Em caso de igualdade de resultados, por exemplo, com dois empates por qualquer placar ou uma vitória de cada equipe, a decisão vai direto para os pênaltis. As sedes do torneio também ainda não estão definidas. A intenção da Prefeitura é que os estádios Carlos Peixoto, Campo do Operário, e Rodrigo Lanna, Campo do Flamenguinho sejam confirmados.

Café também falou sobre suas perspectivas sobre o torneio. “Acredito que com o apoio da Prefeitura, no último ano o Suburbano ganhou um novo patamar. A intenção é que elevemos o nível ainda mais. Cataguases formou goleiro da seleção russa, mandou jogadores para várias regiões do Brasil e do mundo ao longo de sua história. Então, nós, gestores públicos, temos o papel de potencializar a organização do nosso futebol e potencializar isso. Precisamos saber em qual direção queremos andar e o que vamos construir. A gestão pública no Brasil para prefeito é limitada a no máximo oito anos em caso de reeleição, não vamos ficar para sempre, então o nosso pensamento está no legado que queremos deixar tanto para a formação de jogadores e exportação, como para a sociedade cataguasense enquanto apreciadora do espetáculo”, comentou.

O presidente do São Vicente, atual campeão do Suburbano, Rogério de Paula, avaliou as negociações sobre o novo torneio e as definições iniciais. “Estou satisfeito com o andamento das negociações. Penso que foi um diálogo aberto e vejo que o prefeito e o secretário de esportes estão empenhados em elevar o nível da competição, assim como nós, dirigentes. Com isso, Cataguases só tem a ganhar, porque passa a ter um torneio com mais qualidade dentro da cidade. Espero e vou trabalhar junto com os envolvidos para que a edição de 2023 seja ainda melhor que a do último ano”, afirmou.

O São Vicente se sagrou bicampeão da competição em 2022 após superar o Zona L por 2 a 1 no placar agregado. A finalíssima, disputada no Estadio Rodrigo Lanna, Campo do Flamenguinho, ficou marcada pelo excelente público e pela transmissão ao vivo feita pela Prefeitura, em parceria com a LP Produções, com o sinal propagado também pela Rádio Brilho, que afirmou ter tido boa audiência. Pelo Youtube, foram 5.300 visualizações, com pico simultâneo de 986 usuários. No Facebook, foram 3.948 contas que assistiram a grande final.

Fonte: PMC

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *