Quase 30 bombas são reprovadas ou interditadas em postos de combustíveis de Muriaé

A fiscalização foi realizada pelo Procon e o Ipem para analisar lisura do serviço oferecido no município por estas empresas.

O Procon e Instituto de Metrologia e Qualidade do Estado de Minas Gerais (Ipem-MG) fiscalizaram todos os postos de combustíveis de Muriaé. Nos locais foi verificado o cumprimento das normas previstas na legislação consumerista e aquelas aplicáveis à espécie.

A ação teve o objetivo de atender a uma solicitação da 7ª Promotoria do Ministério Público do Estado de Minas Gerais, que precisava ser informada quanto à lisura do serviço oferecido no município por estas empresas.

Após uma semana de trabalho foram analisadas as bombas de oito postos fiscalizados sendo feita aferição em 89 bicos de combustíveis, tendo sido 59 deles aprovados; 14 bicos reprovados; 14 bicos interditados.

Ao todo, foram lavrados 21 autos de infração entre os postos e as permissionárias; quatro postos não tinham o Código de Defesa do Consumidor disponível para o consumidor e três postos não contavam com placa com telefone e endereço do Procon.

Fonte: G1 Globo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *