Prefeito desapropria terreno da Energisa no centro de Leopoldina

Imóvel de 1.103,28 m2 tem frente para a rua Lucas Augusto e se estende até o córrego Feijão Cru. Avaliação é de R$760 mil.

O prefeito Pedro Augusto Junqueira Ferraz assinou ato oficial (Decreto nº 4.945 de 17 de novembro de 2021) declarando de utilidade pública, para fins de desapropriação, amigável ou judicial, de um imóvel de propriedade da Energisa. A publicação foi feita na edição nº 3138 de 19 de novembro de 2021 do Diário Oficial dos Municípios Mineiros.

O imóvel em questão mede 1.103,28 m2, com 10,34 m de frente, 10,34 m de fundos, 106,70 m do lado direito e 106,70 m do lado esquerdo e está localizado na rua Lucas Augusto pouco acima da sede da Secretaria de Educação e se estende até o córrego Feijão Cru.
´
No ato oficial de desapropriação ele foi avaliado em R$760 mil a ser pago em uma única parcela, no ato de transferência ao município de Leopoldina do direito de propriedade e posse sobre a área que será destinada a atender demandas da Secretaria Municipal de Educação.

Este é o segundo imóvel da Energisa   localizado na rua Lucas Augusto, a ser adquirido pelo Município de Leopoldina. O primeiro, onde funcionou a Usina Cultural, foi comprado em parcelas e precisou de autorização da Câmara Municipal de Leopoldina.

Fonte: Leopoldinense

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *