Presidente do TJMG autoriza realização de editais de acordos em precatórios para 32 municípios

Credores interessados podem se inscrever de 25/10 a 10/11

not---Presidente.jpg
Segundo o presidente do TJMG, desembargador Gilson Soares Lemes, procedimento se coaduna com objetivos pretendidos pela Semana Nacional da Conciliação, promovida pelo CNJ, e permite aos credores a possibilidade de antecipar recebimento de créditos mediante a concessão de deságio (Crédito: Mirna de Moura/TJMG)

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Gilson Soares Lemes, autorizou, na manhã desta segunda-feira (18/10), que a Assessoria de Precatórios (Asprec) procedesse à publicação de editais de acordo para pagamento de precatórios em 32 municípios mineiros.

Segundo o presidente, tal providência não apenas se coaduna com os objetivos pretendidos pela Semana Nacional da Conciliação, promovida pelo CNJ, como permite aos credores a possibilidade de antecipar o recebimento de seus créditos mediante a concessão de deságio — o que pode representar significativa economia aos municípios, especialmente em tempos de restrições econômicas.

O coordenador da Assessoria de Precatórios, juiz Christian Garrido Higuchi, informou que a política conciliatória é uma marca da gestão atual, e, graças ao apoio da administração e à dedicação e compromisso dos servidores da Asprec, houve um acréscimo no número de municípios alcançados pelos acordos: de 23, no ano de 2020, para 32, em 2021.

Segundo o magistrado, os editais serão disponibilizados no DJe ainda nesta segunda-feira (18), e as inscrições para credores interessados em participar poderão ser feitas por meio de formulário eletrônico. A inscrição é livre de taxas ou custas, e estará acessível das 8h de 25 de outubro até as 23h59 de 10 de novembro.

Os municípios sujeitos aos acordos são: Alfenas, Araxá, Barroso, Belo Oriente, Betim, Cataguases, Conselheiro Lafaiete, Conselheiro Pena, Estela do Sul, Governador Valadares, Iguatama, Ipatinga, Itajubá, Ituiutaba, Lajinha, Lavras, Leopoldina, Manhuaçu, Montes Claros, Muriaé, Nanuque, Ouro Preto, Passos, Patrocínio, Pedro Leopoldo, Poté, Pouso Alegre, São Sebastião do Paraíso, Sete Lagoas, Teófilo Otoni, Timóteo e Uberlândia. Confira os editais de cada cidade aqui.

A previsão total de recursos para esses 32 editais de acordo é de R$ 80.789.365,71 (oitenta milhões, setecentos e oitenta e nove mil, trezentos e sessenta e cinco reais e setenta e um centavos), o que pode implicar em redução do passivo de precatórios desses municípios no importe de R$ 20.197.341,42. Para tanto, é imprescindível a maior publicidade possível por parte dos municípios envolvidos.

Fonte: TJMG

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *