Secretário de Desenvolvimento Valter Carlos Gonçalves Matos, a Procuradora Geral Viviane Corrêa César, o Chefe de Gabinete Luiz Augusto Cabral, Eduardo Alves Mantovani Diretor-Presidente Energisa e o Secretário de Administração Bruno Flores Gonçalves.

Prefeitura de Leopoldina adquire imóvel ao lado do Paço Municipal para instalar repartições públicas

Imóvel possui área total de 1.284,00 m² e pertencia à antiga Companhia Força e Luz Cataguases-Leopoldina e vai da rua Lucas Augusto até o córrego Feijão Crú.

Secretário de Desenvolvimento Valter Carlos Gonçalves Matos, a Procuradora Geral Viviane Corrêa César, o Chefe de Gabinete Luiz Augusto Cabral, Eduardo Alves Mantovani Diretor-Presidente Energisa e o Secretário de Administração Bruno Flores Gonçalves.
Secretário de Desenvolvimento Valter Carlos Gonçalves Matos, a Procuradora Geral Viviane Corrêa César, o Chefe de Gabinete Luiz Augusto Cabral, Eduardo Alves Mantovani Diretor-Presidente Energisa e o Secretário de Administração Bruno Flores Gonçalves.

O prefeito José Roberto de Oliveira sancionou a Lei nº 4.554, de 22 de dezembro de 2020, com aprovação da Câmara Municipal de Leopoldina, que autorizou o Município a adquirir a título oneroso o imóvel registrado no Cartório de Registro de Imóveis de Leopoldina, em nome da antiga Companhia Força e Luz Cataguases-Leopoldina, atual Energisa. Imóvel possui área total de 1.284,00 m² e vai da rua Lucas Augusto até o córrego Feijão Crú.

O imóvel está localizado ao lado do Paço Municipal na rua Lucas Augusto nº 36 e nele funcionou a Usina Cultural e custará aos cofres municipais o valor de R$1.000.000,00 a ser pago de forma parcelada em 67 prestações, sendo a primeira no valor de R$10.000,00 paga no ato da lavratura da escritura e as outras 66 serão sucessivas no valor de R$15.000,00 devidamente corrigidas anualmente pelo IPCA.

Representaram a Prefeitura no ato da escritura, o Secretário de Desenvolvimento Valter Carlos Gonçalves Matos, a Procuradora Geral Viviane Corrêa César, o Chefe de Gabinete, Luiz Augusto Cabral e o Secretário de Administração Bruno Flores Gonçalves. A Energisa foi representada pelo Diretor-Presidente Eduardo Alves Mantovani.

O Jornal Leopoldinense apurou que o objetivo do prefeito José Roberto de Oliveira seria o de erguer no local um centro administrativo para abrigar várias repartições públicas espalhadas em diversos imóveis alugados em Leopoldina. O maior deles é o Athenas Shopping, na Praça Professor Botelho Reis, onde funciona a maioria das secretarias municipais, mas existem muitos outros espalhados pela cidade que poderiam ser concentradas num só local, proporcionando economia aos cofres municipais. Caberá ao futuro prefeito Pedro Augusto Junqueira Ferraz dar seguimento ou não ao projeto.

Falando ao Jornal Leopoldinense o prefeito José Roberto de Oliveira assim se manifestou: “Esse é mais um grande feito na nossa administração. Esse grandioso espaço, com localização privilegiada, vai poder ser muito bem utilizado pelo poder público de nosso município. Vale ressaltar que este projeto foi protocolado no dia 6 de março de 2020, só sendo votado no dia 22 de dezembro de 2020, portanto, a obra já poderia estar pronta.
 
Fontes: Diário Oficial dos Municípios Mineiros e Facebook

Por Luiz Otávio Meneghite/Jornal Leopoldinense

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *