Crianças que fugiram de casa em carreta e pediram ajuda em Leopoldina retornam para Caratinga

Ação contou com a participação da Polícia Rodoviária Federal e Conselho Tutelar de Leopoldina, que levou de volta pra casa os dois menores e o irmão que conseguiu localizá-los no RJ.

Nesta quinta-feira (26), um jovem de 19 anos e dois menores se dirigiram à unidade da Polícia Rodoviária Federal em Leopoldina, após chegarem do Rio de Janeiro, de onde vieram de carona.

“C”, 19 anos, juntamente com seu irmão de 12 anos e o colega dele, de 13 anos, pediram ajuda aos policiais rodoviários federais para conseguirem chegar em sua cidade, Caratinga, localizada cerca de 240 Km de Leopoldina, na região do Vale do Rio Doce.

Aos Agentes da Polícia Rodoviária Federal o rapaz esclareceu que os menores fugiram de casa, em Caratinga, no último dia 19. Eles teriam embarcado em uma carreta “cegonha” com destino ao Rio de Janeiro.

No mesmo dia, “C”, que trabalha com o pai, comerciante de alo em Caratinga, decidiu ir atrás dos menores e viajou de ônibus para a capital fluminense, onde conseguiu localizá-los em Copacabana, acrescentando que eles foram levados por outro menor, de 16 anos.

Diante do caso, os agentes da PRF acionaram o Conselho Tutelar de Leopoldina e encaminharam o menor de 13 anos, que estava com um furúnculo, ao Pronto-Socorro Municipal da Casa de Caridade Leopoldinense.

Após o atendimento médico no PSM, onde compareceram as conselheira tutelares Natália Aparecida de Brites Ferreira da Silva e Madalena Morais Lima, os menores e o jovem “C” retornaram ao Posto da PRF. Lá, as conselheiras informaram à Reportagem que adotariam as medidas necessárias em apoio aos menores e ao irmão (banho, alimentação) e em seguida viajariam para Caratinga, juntamente com o motorista do Conselho Tutelar, Celso, para levá-los de volta ao lar.

Por volta das 23h30 os componentes do Conselho Tutelar de Leopoldina chegaram à Caratinga (foto abaixo), onde a equipe do Conselho Tutelar daquele município os aguardava para encaminhar os dois menores e o jovem aos familiares.

Participaram do atendimento ao caso os Policiais Rodoviários Federais Renato Aparecido, Canedo, Colen, Caldeira e Marcelo de Medeiros, além do Inspetor Marco Aurélio, da 7º Delegacia da Polícia Rodoviária Federal, em Leopoldina.

 

Fonte: Jornal O Vigilante Online 

2 Comentários

  1. Não entendi
    A notícia deixa a desjar.
    Porque os menores fugiram de casa? Problemas com os país?
    Como o C de 19 anos sabia que estavam em Copacabana?
    Como foi a recepção dos pais à chegada dos filhos?
    Obrigada

    1. Olá, boa noite. Ainda não foram divulgadas tais informações à fonte do Jornal. Assim que obtivermos resposta atualizaremos a matéria. Obrigado por seu comentário!

      – Portal Cataguases

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *