Golpista se passa por integrante da comissão técnica do Aymorés(Ubá) na internet

Diversos atletas sofrem com falsos contatos através de WhatsApp e Instagram.

Uma pessoa ainda não identificada está se passando pelo coordenador de performance e auxiliar técnico do Aymorés, Fabrício Muniz, no Whatsapp e oferecendo vaga no clube a jogadores, mediante um pagamento em dinheiro. O número utilizado em todos os contados foi o mesmo e é: (73)9869-6738.

Muniz recebeu com perplexidade a notícia de que seu nome estava sendo usado de forma indevida e deixou claro que não faz parte de suas atribuições no clube realizar triagem ou peneira de jogadores.

“Isso é um grande absurdo. Eu estou bastante chateado com essa situação. Quem me conhece sabe que o meu trabalho é feito com muita seriedade. Essa pessoa sem escrúpulos está usando uma foto minha no Whatsapp e oferecendo mundos e fundos para atletas. Uma covardia com quem está sonhando com a carreira de jogador de futebol. Reitero que minhas funções na comissão técnica são estritamente ligadas ao campo, onde analiso através de gráficos de desempenho a carga de trabalho necessária para os atletas no treinamento, sempre alinhado com o nosso treinador Bruno Barros”, disse Fabrício.

A diretoria do Aymorés está tomando as medidas judiciais cabíveis e afirma que não procura jogadores pelo Whatsapp para jogarem no clube, mediante pagamentos de qualquer tipo de taxa. Nossas contratações são realizadas em acordo com o Código Brasileiro de Justiça Desportiva e o Regulamento de Competições da CBF.

Fonte: jornal O Noticiário/Guilherme Ayup – Assessoria de Comunicação do S. C. Aymorés

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *