Mulheres são presas por furto de carros em Juiz de Fora

Suspeitas fariam parte de grupo criminoso que praticava furtos na região central da cidade, como nos bairros Santa Helena, Paineiras e Granbery

Duas mulheres, 23 e 28 anos, foram presas pela Polícia Civil de Minas Gerais por suspeita de envolvimento em um esquema de furto de veículos em Juiz de Fora. A ação ocorreu na última sexta-feira (6) e faz parte de um desdobramento da operação Centralina, deflagrada em julho deste ano. De acordo com a corporação, os roubos ocorriam na região central da cidade, sobretudo, nos bairros Santa Helena, Paineiras e Granbery.

Além de Juiz de Fora, a PC cumpriu mandados de prisão em desfavor das mulheres em Viçosa, após investigações com apoio da Agência de Inteligência. Entretanto, as apurações seguem em andamento.

Por meio da Polícia Civil, a delegada Camila Miller explicou que a quadrilha seria “uma das maiores de furtos de veículos” em Minas Gerais. “Eles cometiam os crimes na área central de Juiz de Fora e, posteriormente, mantinham esses produtos de furtos ‘esfriando’ na própria cidade ou em localidades vizinhas, como Matias Barbosa. Em seguida, buscavam o automóvel e levavam o veículo até Barbacena, caminho que, em regra, seria feito”, contou.

Operação contra furtos deflagrada em julho

A Polícia Civil deflagrou a operação Centralina contra onda de furtos em julho, em uma ação na Zona Norte de Juiz de Fora. No local, a PC apreendeu sete veículos, documentos, peças de veículos desmanchados, uma balança de motor, 56 centralinas de automóveis e diversos componentes eletrônicos veiculares.

Ainda de acordo com a corporação, as diligências possibilitaram a descoberta dos locais utilizados para esconder os veículos roubados, bem como peças de automóveis desmanchados. Em julho, 24 mandados de busca e apreensão foram realizados em Juiz de Fora, Matias Barbosa e Barbacena. Nestas duas últimas cidades, a Polícia Civil apreendeu outros seis veículos, bem como peças.

Anteriormente, a corporação já havia realizado outra ação em Matias Barbosa que integrava as investigações. “A Polícia Civil de Minas Gerais prendeu em flagrante um dos investigados, suspeito de furto qualificado, pois estaria conduzindo um veículo que havia sido furtado em data anterior, no Bairro Santa Helena”, contou a delegada Camila Miller por meio da PC. Ainda conforme a autoridade policial, neste caso, a corporação também apreendeu bolsas, ferramentas, peças de veículos e outros materiais.

Por Tribuna de Minas

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *