Mal entendido entre apoiadores políticos do MDB e PROS no bairro Guanabara gera confusão

Desavenças entre grupos políticos não são bem vistos na democracia

Dois episódios chamaram a atenção ontem (29), no meio político.

O primeiro foi o encontro de apoiadores do MDB e PROS no bairro Guanabara. Talvez por coincidência acabaram indo pedir votos no mesmo local e horário. Segundo informações da assessoria do MDB, o microfonaço é pré-agendado e amplamente divulgado.

O desentendimento ocorreu após o candidato a vereador Tumati (PROS), ir em direção a um amigo que é um dos motoristas do MDB e acharem que o intuito era uma forma de provocação. Nesse momento foi abordado pelo candidato a vice prefeito Markin do CTM(MDB) e começaram um bate boca.

Segue a nota da Assessoria do MDB:

“Lamentável o ocorrido de ontem onde apoiadores do grupo 90 se dirigiram até o local onde ocorria o nosso evento “Microfonaço”, divulgado diariamente em nossas redes sociais, gerando tumulto”Assessoria do MDB

Abaixo pronunciamento de uma apoiadora do PROS no Facebook

Se não bastasse o desentendimento entre os apoiadores no bairro, teve ainda um comentário em áudio que acabou indo para as redes sociais. Nele Waldecir Taveira(PDT) fala da prisão de um apoiador.

Abaixo áudio Waldecir Taveira feito em grupo de WhatsApp 

O segundo episódio foi a respeito de um dos moradores ir a procura de um candidato a vereador para a cobrança de uma suposta dívida. Não é audível o momento da fala em que se refere a qual vereador.

No vídeo nota-se que está presente o vereador Sgt Jorge Roberto(PROS) e por ser também policial militar e experiente em solucionar conflitos tentou apaziguar os ânimos que estavam bem exaltados.

+ Solicitamos o boletim de ocorrência e até o fechamento da matéria ele não estava disponível

Por Portal Cataguases

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *