‘Minas Consciente’: comitê estadual atualiza microrregiões da Zona da Mata e Vertentes após reunião semanal

Leopoldina e Cataguases regrediram da Onda Verde para a Amarela. Já a micro de Ubá, avançou para a etapa menos restritiva; decisão de avançar ou regredir cabe a cada Prefeitura; saiba mais.

Município de Ubá está na Onda Amarela do Minas Consciente — Foto: Prefeitura de Ubá/Divulgação

 

Na atualização semanal do “Minas Consciente” divulgada nesta quarta-feira (21), a microrregião de Leopoldina/Cataguases regrediu da Onda Verde para Amarela. Já a micro de Ubá, avançou para a etapa menos restritiva.

Ainda de acordo com o Governo de Minas, as microrregiões de Barbacena, Além Paraíba, Carangola, São João del Rei, Viçosa, Juiz de Fora/Lima Duarte/São João Nepomuceno/Bicas, Muriaé e Santos Dumont continuam na Onda Verde.

Caso as ondas indicadas para as macrorregiões e microrregiões sejam diferentes, caberá a cada prefeito de cada cidade optar por qual das duas recomendações seguir. As informações são divulgadas semanalmente no site do “Minas Consciente”.

Apesar da regressão, a Prefeitura de Cataguases informou que já estava na Onda Amarela e que prossegue. Lembrando que o Executivo pode restringir medidas mais rígidas apesar das recomendações do Estado. Já a Prefeitura de Ubá também informou que está na Onda Amarela. De acordo com a Administração de Leopoldina, uma reunião será realizada com o Comitê Municipal para decidir a situação da cidade. Atualmente, a cidade está na Onda Verde.

  • Cataguases: a macrorregião está na Onda Verde a microrregião na Amarela – a Prefeitura optou pela Onda Amarela;
  • Ubá: a macrorregião e a micro estão na Onda Verde – a Prefeitura optou pela Onda Amarela;
  • Leopoldina: a macrorregião está na Onda Verde a microrregião na Amarela – a princípio, a cidade permanece na Onda Verde.
  • Atualizações das macrorregiões

    As macrorregiões Centro-Sul, Sudeste e Leste do Sul, que integram cidades da Zona da Mata e Campo das Vertentes, permaneceram nas ondas que foram definidas nas últimas semanas.

    Veja abaixo quais são:

    • Centro-Sul e Sudeste: permanecem na Onda Verde;
    • Leste do Sul: continua na Onda Amarela.

    Entenda o que são as Ondas

    Confira detalhadamente quais serviços podem funcionar em cada categoria, segundo o Governo de Minas.

    Onda Vermelha

    Nesta fase, está autorizada a abertura dos seguintes serviços:

    • Supermercados, padarias, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência;
    • Bares (somente para delivery ou retirada no balcão);
    • Açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros;
    • Serviços de ambulantes de alimentação;
    • Farmácias, drogarias, lojas de cosméticos, lavanderias, pet shop;
    • Bancos, casas lotéricas, cooperativas de crédito;
    • Vigilância e segurança privada;
    • Serviços de reparo e manutenção;
    • Lojas de informática e aparelhos de comunicação;
    • Hotéis, motéis, campings, alojamentos e pensões;
    • Construção civil e obras de infraestrutura;
    • Comércio de veículos, peças e acessórios automotores.

    Onda Amarela

    Nesta fase, são permitidos:

    • Bares (consumo no local);
    • Autoescola e cursos de pilotagem;
    • Salão de beleza e atividades de estética;
    • Comércio de eletrodomésticos e equipamentos de áudio e vídeo;
    • Papelaria, lojas de livros, discos e revistas;
    • Lojas de roupas, bijuterias, joias, calçados, e artigos de viagem;
    • Comércio de itens de cama, mesa e banho;
    • Lojas de móveis e lustres;
    • Imobiliárias;
    • Lojas de departamento e duty free;
    • Lojas de brinquedos;
    • Academias (com restrições);
    • Agência de viagem;
    • Clubes;
    • Bibliotecas, museus, galerias, arquivos (com restrições).
    • Parques estaduais, unidades de conservação, zoológicos e jardins (com restrições).

    Onda Verde

    A etapa menos restritiva permite as seguintes atividades:

    • Atividades artísticas, como produção teatral, musical e de dança e circo;
    • Cinemas, bibliotecas, museus, arquivos;
    • Parques, zoológicos e jardins;
    • Feiras, congressos, exposições, filmagens de festas, casas de festas, bufê;
    • Parques de diversão, discotecas, boliches, sinuca;
    • Bares com entretenimento (shows e espetáculos);
    • Serviços de colocação de piercings e tatuagens.

    Por G1 Zona da Mata

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *